Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 20 de março de 2011

Escombros

Sequer escombros... Lembranças amontoadas e misturadas. Não restaram cinzas ou lápides para lamentar. Não houve o tempo. Nada existiu. Nada... E é bem aí que você chora. Tentando espremer e expulsar o que sobrou de algo que só na sua cabeça se moveu um dia.



Jainara Martiny

Um comentário:

Anônimo disse...

Gostei do seu blog. Parabéns.
http://youtu.be/pnwNNOWrbNI

Nenhum de Nós

Nenhum de Nós